Afinal, por que a altitude influencia na qualidade e sabor do café?

Publicado em 15/02/2022


Você já deve ter visto a gente citar a altitude na descrição dos cafés da Amiste Café por aqui algumas vezes. Mas, afinal, você sabe por que ela interfere na qualidade e sabor do cafezinho que você adora tomar? Confira a seguir a resposta!

As condições geográficas de clima, solo e vento no local onde o café é plantado interferem diretamente no sabor e no aroma que o grão atingirá quando estiver pronto e em forma líquida. Mas por que?

A cada 100 metros de altitude, aproximadamente, a temperatura cai algo em torno de 0,7°C. A quantidade de chuvas, por sua vez, aumenta de forma proporcional à elevação. Tais mudanças climáticas contribuem para as variadas diferenças no resultado final do grão

Já se constatou que quanto maior a altitude, maior a concentração de certos minerais no grão. Esses componentes, que se desenvolvem em climas mais amenos e úmidos, alteram por completo as propriedades como sabor, aroma e acidez.

De maneira geral, os grãos originados de lugares com elevações mais baixas, até 1000 metros de altitude, não têm um sabor marcado, são mais suaves e têm pouca doçura.

Já se a altitude média de cultivo for acima de 1000 metros, os resultados são bem mais interessantes, com possibilidade de apresentar notas cítricas, de chocolate, noz e baunilha.

Portanto, é possível dizer que os melhores cafés do Brasil, como os de categoria Gourmet e Especiais, são oriundos de lugares com altitude média entre 1.100 a 1.300 metros

Nossas Lojas

Acompanhe as nossas redes sociais

@amistecafe

Newsletter