Vale a pena abrir uma cafeteria atualmente?

Publicado em 18/04/2022


Uns dos comércios mais afetados na pandemia, as cafeterias sofreram com a baixa circulação de pessoas em centros comerciais, devido ao fato de muitas empresas optarem pelo sistema de trabalho home office.

C:\Users\Windows\Downloads\WhatsApp Image 2022-04-01 at 17.36.34.jpeg

Segundo a pesquisa do Instituto Axxus com apoio a ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café), com a pandemia, o maior consumo do café deixou de ser no trabalho, cafeterias e restaurantes, passando a ser mais consumido em casa ou até mesmo em residências de parentes e amigos.

Mas e as expectativas pós pandemia?

Apesar de a localidade ter alterado, o consumo total do café aumentou em 1,34% no Brasil, havendo uma diminuição de 5% das pessoas que não consumiam café.

A pesquisa indicou que entre os principais motivadores que levam uma pessoa a consumir o café, estão:

  • Melhorias no humor e disposição;
  • Prazer e bem-estar;
  • Momento de pausa e reflexão e paz.

Assim, estima-se que com o retorno do trabalho em escritórios presencialmente, os consumidores retornem novamente às cafeterias, seja pela qualidade e custo benefício do café servido em estabelecimentos comerciais versus a dificuldade de alcançar esses fatores em casa, ou simplesmente pelo motivador de marcar reuniões, encontros e frequentar um ambiente fora do lar.

Nova geração e novas experiências

C:\Users\Windows\Downloads\WhatsApp Image 2022-03-28 at 15.55.06 (2).jpeg

Jovens também estão consumindo cada vez mais café, sendo iniciado o consumo já aos 17 anos. Especialistas acreditam que a principal causa é o ingresso ao mercado de trabalho e as rotinas de estudo.

Segundo pesquisa da McKinsey & Company, o consumo da geração Z já é uma das maiores de todas as gerações. Porém, os jovens mostram um comportamento mais consciente, preferindo marcas com mais transparência, engajamento social e sustentabilidade, ao invés de apenas preços e rótulos.

Por isso, cafeterias que entregam uma experiência de qualidade, alternativas de interação social, variedades de produtos e até que atendem nichos e públicos específicos, como cafeterias veganas por exemplo, tem se destacado atualmente.

Outro tipo de negócio que se destaca são os que oferecem locais com climas aconchegantes, confortáveis e mais silenciosos para promover uma boa reunião, já que muitos brasileiros ainda preferem encontros presenciais para fechar negócios.

Fontes:

Instituto Axxus

McKinsey

Nossas Lojas

Acompanhe as nossas redes sociais

@amistecafe

Newsletter